Somos pedras que se consomem

  • R$ 45,00

Calcular Frete

  • Somos pedras que se consomem

Ignácio de Loyola Brandão declarou a respeito do romance de Raimundo Carrero: “incestos, traições, sadismo, masoquismo, sexo, sexo, sexo, coxas molhadas, pênis artificiais, lesbianismo, homossexualismo, hetero, masturbações. amor, solidão, ternura, poesia. Carrero me lembra Henry Miller com muito mais violência”.

Especificações Técnicas
Autor(a) Raimundo Carrero
Nº de páginas 192
ISBN 8573210095
Largura 14cm
Altura 21cm

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.